Prefeitura demite médico que jogava Paciência em atendimento

medico

A Prefeitura de Osasco, na Grande São Paulo, demitiu o médico que aparece em um vídeo jogando Paciência no computador durante o atendimento a um paciente. As imagens foram divulgadas no dia 24/04 e ganharam repercussão nas redes sociais e no YouTube. A administração municipal também comunicou o ocorrido ao Conselho Regional de Medicina (CRM).

No vídeo, o médico aparece com olhar fixo na tela, em direção ao jogo de cartas, enquanto uma paciente recebia cuidados de uma enfermeira à frente. O caso ocorreu no Posto de Saúde do Jardim Rochdale, na sala de inalação, e a mulher atendida reclamava de dores no peito e falta de ar.

Em entrevista ao Bom Dia São Paulo desta terça-feira (29), o secretário da Saúde de Osasco, José Amando Mota, afirmou que foram tomadas “providências sérias” porque “são fatos que envergonham a classe médica”.

“O comum é que o médico fique na sala acompanhando [o atendimento da enfermeira]. O incomum é ficar jogando jogo de cartas no computador”, disse Mota.

Segundo o secretário, o profissional flagrado é formado há 33 anos. Mota lamentou a demissão em virtude da carência de médicos pela qual a cidade passa.

“Que isso sirva de exemplo para que [outros] não procedam dessa forma. Ele [o médico] vai dar [respostas] no processo administrativo. Isso foge a qualquer tipo de regra. Por isso, o prefeito determinou a demissão”, destacou.

Procurada pelo G1 na segunda-feira (28), a Prefeitura de Osasco afirmou que o prefeito Jorge Lapas determinou, na sexta, a “imediata abertura de processo administrativo para apuração da conduta do médico”.

Em nota, a administração municipal informou: “O comportamento do médico é considerável inaceitável e não condiz com a postura da atual gestão. O cidadão deve ser respeitado sempre e, por isso, cobra-se um atendimento humanizado para todos”.

Fonte: G1 – SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *